Resultado de exame confirma morte de preso em Pilar do Sul por gripe H1N1

O Instituto Adolfo Lutz emitiu na sexta-feira (17/05), o resultado das análises do material colhido do homem que estava preso na Cadeia de Pilar do Sul, e morreu na Santa Casa da cidade, com suspeita de ter sido infectado pelo vírus da gripe H1N1. Segundo o resultado das análises à morte do detento há oito dias, foi causada pela gripe H1N1.

O secretário da Saúde de Pilar do Sul, Dalton Fernando Pagianotto declarou na segunda-feira pela manhã (20/05) que sua pasta está discutindo ações preventivas, que serão desenvolvidas junto à população, principalmente nos locais de aglomeração de pessoas.

Ainda não há previsão para aplicar às medidas preventivas, todavia Dalton Pagianotto afirma que será o mais breve possível. O trabalho de prevenção que consiste basicamente em orientação de higiene pessoal já está sendo desenvolvido na cadeia pública local. (Blog Toni Silva)