Representante de Diretoras e Coordenadoras do Ensino Municipal esclarecem dúvidas sobre reenquadramento salarial

No dia 13 de março de 2012, a professora Alcione Urias de Gois Oliveira, representante do grupo de diretores e coordenadores do Ensino Municipal de Pilar do Sul, ocupou a tribuna da Câmara Municipal para esclarecer e explicar fatos sobre a lei de reenquadramento salarial da classe.

O grupo reivindicou o direito de todo cidadão de se manifestar, segundo a sua representante, porque a maneira como foi conduzida a discussão sobre o reenquadramento da classe colocou-o “em uma situação vergonhosa, humilhante e vexaminosa” (citação do texto lido pela professora Alcione).

Segundo o documento lido pela representante do grupo, em nenhum momento houve a intenção de comparar categorias e classes trabalhistas. ”Se alguma categoria de trabalhador que não seja do magistério foi usada neste assunto, deixamos claro que não foi por nenhuma de nós, e sim por terceiros”, enfatiza.

As diretoras Alcione e Marlene B. Loureiro, procuradas pelo “O Jornal” informaram que desde 2007 a classe de diretores e coordenadores vem constatando a perda salarial e solicitou, várias vezes, ainda que verbalmente, o reenquadramento. Em 2009, o grupo protocolou um oficio ao Prefeito (Oficio 2818/2009, de l8 de junho de 2009), oficializando a solicitação de revisão e reavaliação dos salários dos diretores e coordenadores.

Para esclarecer, as diretoras apresentaram os seguintes dados: em 2003, o diretor recebia 95,00% a mais que o professor de 30 horas; o coordenador recebia 60,65% a mais que o professor de 30 horas. Em 2012, o diretor recebe 71,20% a mais que o professor de 30 horas, enquanto o coordenador recebe 42,66% a mais que o professor de 30 horas.

Como há professores trabalhando e recebendo por 40 horas, a diferença passa a ser: em 2012 o diretor recebe 28% a mais que o professor de 40 horas e o coordenador recebe 7% a mais que o professor de 40 horas.

“Porém, nossa defesa está em relação à hora de trabalho. O professor recebe R$ 8,70/ hora, o coordenador R$ 9,31 e o diretor R$ 11,17/hora de trabalho. A diferença entre o coordenador e o professor é de R$ 0,6l; entre o coordenador e diretor é de R$ 1,86. Colocamos em discussão as funções e as atribuições de cada

Cargo”, ressaltam as diretoras.