Moradores de vários bairros reclamam da água

Ao abrirem as torneiras de suas residências, às vésperas do Dia Mundial da Água (22 de março), moradores dos bairros Jardim Bonanza, Jardim Ipê, Jardim Pinheiro, Nova Pilar, Campestre, Vila Claudino e Campo Grande se indignaram com a cor do líquido que saía das mesmas.
No dia 19 de março fotos e comentários foram postados nas redes sociais. “O Jornal” e o Blog Repórter Pilar receberam reclamações e fotos de vários munícipes.
“O que está acontecendo com a água servida à população? O que está acontecendo com a Sabesp? Além de ser imprópria para o consumo, também é imprópria para uso, seja para cozinhar, seja para lavar roupa”, comentavam as pessoas.
No dia 27 de março “O Jornal” foi até a Sabesp e conversou com o Encarregado do Posto Operacional, José Vagner de Almeida Barros e Calixto Simões de Freitas, Gerente de Setor da Sabesp. A explicação é que a Sabesp está construindo um novo ponto de captação de água, para proceder à limpeza do antigo ponto de captação, conhecido como ‘bombinha’.
“A água bruta que está sendo captada não tem as mesmas características da água normalmente servida à população. Pedimos desculpas e também a compreensão de todos porque é só uma fase, já estamos procedendo estudos para encontrar solução para o problema”, enfatiza Calixto.