Justiça liberta o delegado de Piedade e vereador continua preso

A justiça libertou, no dia oito de março, o Delegado de Polícia José Chaves de Melo, que estava em uma unidade prisional em São Paulo (capital) desde o final de fevereiro. O vereador Marcos Pinto de Camargo (PSDB) continua preso. Douglas de Melo, filho do delegado que também foi preso, já foi solto.

O caso

O Delegado, bem como o vereador Marcos Pinto de Camargo, que é funcionário da 114ª Circunscrição de Trânsito de Piedade, e o filho do delegado, Douglas de Melo foram presos, temporariamente, no dia 20 de fevereiro, por promotores do Grupo de Atuação Especial ao Crime Organizado e Agentes da Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo sob suspeita de operarem um esquema para exigir pagamento de propina das empresas habilitadas para realizar vistorias nos veículos automotores de Piedade e Tapiraí. O dinheiro seria arrecadado pelo vereador e funcionário do Ciretram e depois repassado ao Delegado. Os três respondem por infração ao Artigo 316 do Código Penal; os promotores ouviram três proprietários de empresas que eram obrigadas a pagar propina há pelo menos três anos. (Fonte: Blog Toni Silva Sorocaba)