Tentativa de golpe do falso sequestro em Pilar do Sul

Nos últimos 15 dias moradores e Pilar do Sul estão sendo alvo de golpistas tentando aplicar o golpe do falso sequestro. Segundo informação da polícia são, em média, três casos por dia.

A tática continua sendo a mesma: a pessoa atende chamada pelo telefone fixo e ouve um homem que diz estar com uma pessoa daquela família em um cativeiro e exige uma quantia pelo resgate; a pessoa que atende a ligação fica nervosa e, durante a conversa, sem perceber, dá mais dicas ao golpista que lhe servem de argumentos para fazer a pessoa acreditar que há uma pessoa de sua família em poder dos sequestradores.

Em alguns casos o golpista põe uma pessoa chorando ao telefone para consolidar o golpe. Ele cita uma conta para que seja depositado o valor exigido ou exige que a pessoa compre cartões de recarga de celular e, em seguida, passe os códigos dessas recargas.

A polícia de Pilar do Sul tem registrado apenas tentativa do golpe e não tem conhecimento se, ultimamente, alguma pessoa caiu no golpe do falso seqüestro. Porém, houve um caso em que o gerente de um banco telefonou para a Polícia Militar de Pilar do Sul informando que uma pessoa estava no interior da agência tentando sacar dinheiro para pagar o resgate de um membro da família.

Quando a polícia soube do caso orientou a pessoa que seria um golpe e com isso a tentativa foi frustrada. A orientação da polícia é que não atenda nenhuma exigência do golpista e ligue para a polícia (190) informando a situação.

Também vale alertar a população para que escute tudo que o suposto sequestrador fala e diga que vai providenciar sua solicitação; após, desligar o telefone. É aconselhável que a família ligue para a pessoa que foi citada ter sido sequestrada para confirmação de que esteja bem. Após essa providência siga as instruções da polícia, ou seja: ligue para 190 e informe o ocorrido. Dessa forma não precisa criar pânico ou ir correndo ao banco fazer nenhum resgate. (Fonte: Dados colhidos Blog Toni Silva Sorocaba)