Vereador consciente pede terreno para Cemitério de animais em Pilar do Sul

O vereador eleito na atual administração de Janete Pedrina de Carvalho Paes, Luiz Antonio de Proença enviou um pedido através da Indicação de nº. 310/2013, solicitando estudos para destinação de um terreno municipal que possa ser utilizado para Cemitério de Animais Domésticos e legislação que atenda a essa necessidade.

É comum encontrarmos animais mortos nas estradas rurais e até mesmo na área urbana de nossa cidade. Muitos animais também são mortos em residências com as doenças Cinomose/Parvovirose, doenças essas contagiosas e são colocados em sacos de lixo para recolhimento dos coletores de lixo municipal. Esses animais deveriam ser enterrados em locais apropriados e não no aterro sanitário ou outro local impróprio como vem acontecendo até então.Além do que, tal pratica é ilegal.

Conforme justificativa louvável do vereador Luiz Antonio de Proença “Uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) coloca claramente que cadáveres de animais domésticos são considerados resíduos infectocontagiosos, devendo ser enterrados em covas sépticas de aterros sanitários próprios para materiais biológicos e resíduos hospitalares, preservando o meio ambiente, evitando a contaminação do solo e das águas”.

Essa necessidade se faz necessária por tratar-se de questão sanitária e também porque estará levando a conscientização humana e esclarecedora à população, que deve tomar conhecimento de que, quando um animal morre por Cinomose ou Parvovirose, o quintal deve ser tratado e descontaminado de maneira adequada e não poderá ter nenhum outro animal no local até que o mesmo esteja totalmente livre do vírus dessas doenças. Caso isso não venha ser providenciado, o animal que ali for recolhido fatalmente virá a óbito.

Para ser levada essa conscientização à população é necessário que o primeiro passo seja dado através das providências cabíveis dos órgãos públicos, como atendimento a essa importante indicação e seja liberado o terreno com a finalidade de um cemitério de animais domésticos. A população aguarda resposta da senhora prefeita. (Fonte: Repórter Pilar)